Política

Unale 2019: Tocantins amplia representatividade junto à instituição

Chegou ao fim a 23º Conferência da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, Unale, e o balanço da participação de parlamentares e servidores tocantinenses pode ser considerado positivo por vários aspectos.

Participação ampliada

O Tocantins ampliou sua participação junto a diretoria da instituição, dois deputados vão atuar na gestão do próximo biênio (2020/2021), que terá a deputada Ivana Bastos (PSD-BA) como presidente. O deputado Ricardo Ayres (PSB) foi eleito o vice-presidente e o deputado Olyntho Neto (PSDB) secretário no âmbito do Estado.

Já a deputada Luana Ribeiro (PSDB) passa a fazer parte da Comissão de Segurança Pública e o deputado Léo Barbosa (SD) vai ser o representante do Estado no Parlamento Amazônico, entidade que congrega as Assembleias Legislativas dos nove Estados que compõem a Amazônia brasileira: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins).

“Estou muito animado com esta missão que me foi dada, agradeço ao presidente Antonio Andrade, que indicou meu nome. Tenho certeza que vamos fazer um bom trabalho dialogando com outras Assembleias e fortalecendo os parlamentos”, disse Ricardo Ayres.

A articulação dos nomes indicados foi feita pelo presidente da AL-TO, deputado Antonio Andrade (PTB).

“Sempre tivemos uma participação efetiva junto a Unale e fico feliz de agora aumentarmos nossa contribuição. Os nomes indicados e eleitos na Assembleia Geral tem condições de fazer um excelente trabalho, afirmou Andrade.

Novas ideias

Quem também considerou positiva a participação dos representantes do Tocantins foram os servidores da Casa que estavam presentes no evento. Eles puderam participar de cursos e palestras nas áreas de recursos humanos, segurança, acompanhar cases de sucesso, como o apresentado pelo secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, que teve Antonio Andrade como mediador.

“O nível do Congresso enriquece cada um dos parlamentares e servidores, como isso acredito que podemos construir uma governança mais próxima do povo tocantinenses. Saímos daqui com várias ideias de projetos para replicarmos no Estado, pontuou Edivaldo Rodrigues, diretor de Área de Comunicação.

Junior Diamantino, diretor-geral da AL-TO, também considerou produtiva a participação no Congresso.

“É muito importante a participação dos diversos setores da Casa, pois trocamos experiências e saímos daqui com novas ideias de leis, como a que vai garantir ao servidor efetivo e contratado mais segurança”, destacou o diretor-geral que ainda finalizou agradecendo a Unale e ao presidente Antonio Andrade pela sensibilidade de investir na capacitação dos servidores.

 Mais de 1600 participantes

O 23º Congresso da Unale trouxe o tema “Humanizando as Leis Num Novo Tempo” e aconteceu de 20 a 22 de dezembro, em Salvador- BA. Este foi considerado um dos congressos da instituição com maior número de participantes, entre parlamentares e servidores legislativos foram 1617 inscritos. O que pode ser considerado uma demonstração da força da instituição.