Estado

Hospitais do Estado realizam mutirões ambulatoriais e cirurgias no fim de semana

O fim de semana foi de muito trabalho nas unidades hospitalares do Estado. Na região norte, no Hospital Regional de Araguaína (HRA), foi realizado o 2° mutirão de atendimento ambulatorial em otorrinolaringologia, com 160 pacientes regulados pela Central Estadual de Regulação. Na região central, o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins realizou mais cirurgias eletivas, 11 procedimentos de otorrinolaringologia; e o Hospital Regional de Miracema realizou seis grandes cirurgias de colecistectomia e hernioplastia. O Governo do Estado já realizou, este ano, 4.897 cirurgias eletivas.

O diretor-geral do HRA, Vânio Rodrigues, informou que foram utilizados quatro especialistas e uma equipe multiprofissional do Hospital durante o mutirão. “A ação visa dar uma maior resolutividade aos atendimentos dessa especialidade e oportunizar um tratamento célere aos usuários do Sistema Único de Saúde. Agradecemos o empenho dos profissionais: Fabrycia Jorge Cruz [coordenadora da especialidade], Daniel Braz Nunes Azevedo, Andreza Andreatta de Castro e Alarico Nunes Azevedo Filho”, disse.

Lilian Kellen, mãe do Kleberson Marques Damasceno, de 10 anos, moradores de Nova Olinda, foi realizar a segunda consulta da criança dando continuidade ao tratamento de adenoide iniciado no 1° mutirão em outubro. “O atendimento realizado aqui é muito bom, e vamos agilizar a cirurgia que ele precisa”, ressaltou Lilian Kellen.

Para a diretora-geral do Hospital Regional de Miracema, Penha Bandeira, “o mês de novembro foi muito produtivo, com um centro cirúrgico funcionando a todo vapor. Só pelo Opera, realizamos 50 cirurgias, o que demonstra o comprometimento de nossa equipe e o apoio total da SES [Secretaria de Estado da Saúde] que manteve nossa Unidade abastecida de medicamentos e insumos necessários”, destacou.

O mesmo compromisso está sendo empenhado em Paraíso do Tocantins, segundo a diretora-geral do Hospital Regional, Leiliane Alves da Silva, novembro foi finalizado com saldo positivo. “Realizamos mais de 120 cirurgias eletivas somadas a rotina e o Programa Opera Tocantins, um avanço da Gestão e a articulação das nossas equipes que têm amenizado o tempo de espera da população por estes procedimentos cirúrgicos”, enfatizou.