Araguaína

Colégio de Araguaína trabalha valorização integral dos estudantes e participação dos pais em aulas

O Colégio Estadual Rui Barbosa, de Araguaína, passou a contar com o programa Escola Jovem em Ação em 2017. Desde então, a unidade de ensino tem trabalhado a metodologia do programa e implementado novas propostas que visam à valorização integral dos estudantes e à participação dos pais nas aulas do Projeto de Vida.

A disciplina tem a finalidade de auxiliar adolescentes e jovens a refletirem sobre os seus interesses e objetivos de vida. Como parte da pedagogia das aulas, está a realização de reuniões bimestrais com os pais, que funcionam como uma aula para orientar sobre a importância de valorizar e incentivar os sonhos dos filhos.

O diferencial da unidade de ensino é que, além das reuniões/aulas, as atividades realizadas com os estudantes, na disciplina Projeto de Vida, também podem ser acompanhadas pelos pais ou responsáveis, desde que haja vagas disponíveis na sala de aula. “Os pais são bem-vindos e são recebidos na sala de aula. Eles podem assistir às aulas e participar, dando a sua colaboração”, explica a professora da disciplina, Belina Fabi da Silva Costa.

Geração de Valor

Belina Fabi também ressalta a proposta do programa Geração de Valor. “Ele busca abraçar o jovem de forma interdimensional, desenvolvendo todos os seus aspectos, para que ele possa ser uma pessoa plena e feliz com aquilo que ele é. Para isso, cada aspecto da vida é abraçado por uma disciplina, de modo que, para além dos seus sonhos, os estudantes olhem para seu corpo e sua mente”, frisa.

A professora de Biologia, Marcela Sousa Valadares, destaca como a proposta do programa Geração de Valor é trabalhada em suas aulas. “Nós trabalhamos questões relacionadas ao corpo, à saúde, à higiene e aos demais assuntos que envolvem o ser humano. Já tivemos a participação de um enfermeiro, que veio falar sobre as doenças e os cuidados com a saúde; e de uma nutricionista, que falou da alimentação saudável. A Biologia auxilia na parte do olhar para o corpo”, ressalta.

Resultados

O estudante do 3º ano do ensino médio Carlos Manuel Romero Brito, de 17 anos, afirma que o trabalho desenvolvido na unidade de ensino impacta positivamente em sua vida. “Ela rendeu muitos frutos em minha vida. Eu passei a ter sonhos e a pensar em meu futuro. Antes de entrar aqui na escola, eu não tinha perspectivas para o futuro. Antigamente, eu também não tinha um vínculo muito grande com a minha família, mas agora isso mudou”, aponta.

Quem também destaca os impactos do projeto Geração de Valor e da proposta da Escola Jovem em Ação em sua vida foi a estudante do 3º ano, Adrielle Fabia Paixão Sousa, de 16 anos. “Eu me transformei em uma menina sonhadora, que participa das atividades da escola, cria clubes, tem o protagonismo ativo, ajuda e incentiva as pessoas a não desistirem dos seus sonhos”, pontua.