Geral

Dois homens são assassinados na região do Bico do Papagaio

A região do Bico do Papagaio teve um fim de semana violento com dois assassinatos neste domingo (29). De acordo com a Polícia Militar (PM), um dos crimes foi registrado em São Bento do Tocantins e o outro em Axixá do Tocantins. Um suspeito foi preso e o outro conseguiu fugir.

O primeiro homicídio aconteceu durante a tarde no assentamento Alto Bonito, em São Bento do Tocantins. Os militares foram chamados no local após um homem ser atacado com golpes de facão em um bar. A vítima foi identificada como Adilson Pereira dos Santos, de 50 anos.

Segundo testemunhas, o suspeito teria chegado no estabelecimento ainda pela manhã e começou a beber. No início da tarde a vítima também foi ao bar e os dois logo começaram uma briga. Eles estavam armados com faca e facão.

Adilson foi golpeado no pescoço, não resistiu e morreu no local. O suspeito também foi ferido com facadas, conseguiu fugir em uma motocicleta, mas foi encontrado por militares caído no chão dentro de um matagal. Ele estava ao lado de um facão e com vários cortes no rosto e no braço. O suspeito foi preso e levado para o Hospital Municipal de Araguatins.

A perícia foi chamada ao local do crime e o corpo de Adilson foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

 

Outro caso

O segundo assassinato, em Axixá do Tocantins, ocorreu por volta das 22h30 na TO-134, próximo da entrada do Povoado Lagoa. Segundo a PM, Anderson dos Santos Sousa, de 27 anos, foi morto com vários tiros. A PM foi chamada logo após os disparos e chegou no local do crime junto com a ambulância do hospital da cidade, mas o homem já estava sem vida.

Testemunhas disseram aos militares que escutaram sete tiros e que a vítima teria cometido vários crimes no estado do Pará, e por isso estava escondida na região. Perto do corpo foram encontradas cápsulas de espingarda calibre 16.

A PM fez buscas na região, mas nenhum suspeito do crime foi localizado. A perícia e o IML estiveram no local e a Polícia Civil deve investigar o caso.

 

Fonte: G1 TO