Geral

Reeducandos do TO participam de ações em apoio ao Outubro Rosa

Reeducandos da NCCPP estão confeccionando lenços para a Liga Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer. Na UTPBG, colaboradoras doaram um exame de mamografia à irmã de um reeducando

Em apoio à campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama, quatro reeducandos da Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória de Palmas (NCCPP) que participam do curso de Corte e Costura estão confeccionando lenços de cabeça que serão destinados às pacientes assistidas pela Liga Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer do Tocantins. A ação, além de promover remição de pena aos reeducandos, ajuda a empoderar mulheres que estão em tratamento oncológico.

Os tecidos para a confecção dos lenços estão sendo doados pelos colaboradores da Embrasil Serviços, empresa responsável pela administração indireta do NCCPP de Palmas e da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG) no Tocantins. Em agradecimento, cada doador recebe um marcador de livro personalizado com o logotipo da campanha. A comunidade de Palmas que quiser participar da ação também pode doar tecidos ou lenços prontos levando à unidade até o próximo dia 31 de outubro.

Ainda dentro da programação, as servidoras e colaboradoras do NCCPP de Palmas participarão na próxima terça-feira (20) de palestras e dinâmicas sobre prevenção do câncer de mama.

Além dessas ações no NCCPP de Palmas, a Embrasil está promovendo outras atividades alusivas ao Outubro Rosa na UTPBG, em Araguaína, e também na Unidade Prisional Feminina de Palmas (UPF), fazendo valer o compromisso social da Embrasil.

Na última terça-feira (13), as reeducandas da UPF participaram de palestras sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis e realizaram testes rápidos de sífilis, HIV e hepatite B e C. As internas também tiveram aulas de alongamento para melhorar a disposição física e participaram de palestra sobre higiene bucal, com a entrega de kits individuais com pasta e escova de dentes.

Na UTPBG, as servidoras e colaboradores da unidade também participaram de palestra sobre o câncer de mama, aprendendo meios de prevenção, formas de efetuar o autoexame de toque, diagnósticos e tratamentos, entre outros assuntos. A palestrante, a Dra. Yandara Luz Prado, também falou sobre autoestima e empoderamento feminino, como forma de estimular o autocuidado, ressaltando que a saúde física é um reflexo do bem-estar mental e emocional.

A equipe de projetos da UTPBG também firmou parcerias para ampliar as ações do Outubro Rosa. A Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia do HRA (Unacon/HRA) doou um kit com camisetas da campanha de prevenção ao câncer de mama e a Associação Pró-Vida de Combate ao Câncer doou dois exames de mamografia e outros oito exames de prevenção que foram sorteados entre as colaboradoras, que se reuniram e doaram um dos exames de mamografia para Idelvania Gomes Carreiro, de 39 anos, irmã de Sebastião Gomes Carreiro, interno da unidade.
​​​​​​​
“Os reeducandos do curso de Artefatos de Concretos contribuíram na produção das lembrancinhas para as colaboradoras e alguns deles auxiliaram também na decoração da sala de reuniões, já como forma de arteterapia. Na ocasião, perguntei a eles quem tinha histórico de casos de câncer de mama na família, foi quando cheguei até o interno Sebastião, que já perdeu a mãe devido à doença. Assim, decidimos presentear sua irmã Idelvania com a mamografia”, explica Stefanny Silva Mariano, coordenadora de projetos da UTPBG.

“Fiquei muito feliz com meu irmão por ele ter lembrado de mim e citado meu nome. Além disso, foi muito legal saber que a unidade se preocupa com a família dos reeducandos. Fiquei bem surpresa e foi ótimo porque precisava refazer os exames”, conta Idelvania, que já agendou seu exame na Associação Pró-Vida.