Polícia

Polícia Civil detém casal e alerta a população sobre o “golpe da panela” que foi aplicado em Araguaína

Policiais Civis da 5ª Central de Atendimento da Polícia Civil de Araguaína, coordenados pelo delegado Alexander Pereira da Costa, realizaram na tarde deste domingo, 29, uma abordagem que resultou na condução de um casal suspeito de aplicar o “golpe da panela”. O golpe consiste na venda de panelas falsificadas como se fossem de uma renomada marca internacional.

 

De acordo com o Delegado, os policiais civis foram procurados por uma das vítimas, que relatou a eles que um casal de vendedores a abordou no estacionamento de uma loja bastante conhecida nacionalmente, sediada na Avenida Cônego João Lima, e, após um discurso muito persuasivo, no qual exaltavam as qualidades, principalmente a durabilidade das panelas, acabou convencendo-a adquirir um jogo dos referidos utensílios por R$ 1.030,00 (Mil e trinta reais).

 

Ocorre que, ao chegar a sua residência e testar os produtos, a vítima verificou que as panelas ficaram amareladas e manchadas logo no primeiro uso, demonstrando serem de péssima qualidade. Frustrada com a qualidade do produto, a vítima resolveu realizar uma pesquisa na internet, quando constatou a existências de várias reportagens e o relato de diversas pessoas de outros estados, que também haviam caído no “golpe da panela”.

 

Segundo o material encontrado e disponível na internet, os golpistas agem sempre da mesma maneira, ou seja, um casal aborda pessoas nos estacionamentos de lojas e supermercados, oferecendo-lhes supostas panelas de uma marca internacional e de alto padrão de qualidade por um preço mais em conta. No decorrer da conversa, os supostos golpistas ainda oferecem condições vantajosas para a quitação dos produtos, que pode ser pago em dinheiro ou de forma parcelada no cartão de crédito.

 

Após a abordagem, o casal suspeito e todo o material que portavam, sendo jogos de panelas, além de máquina de cartão de crédito e quantia de R$ 1.252,00 (Mil Duzentos e Cinquenta e Dois Reais), em espécie, foram apresentados na Central de Flagrantes de Araguaína para os procedimentos legais cabíveis.

 

O delegado Alexander Pereira esclarece que eventuais vítimas devem comparecer ao Complexo da Polícia Civil, localizado na Avenida Filadélfia para serem ouvidas sobre o caso. Na oportunidade, a autoridade policial também faz um alerta a população em geral no sentido de evitar cair em golpes como o mencionado.

 

“É muito importante que o cidadão fique atento e desconfie de produtos supostamente de alta qualidade, como no caso das panelas, estarem sendo oferecidos por preços muitos abaixo dos normalmente praticados no mercado, uma vez que em condições normais, um jogo de panelas original da marca apreendida pode alcançar facilmente os R$ 6 mil”, explica a autoridade policial.